“A Gruta da Lancinha tem mais de 2 mil metros e formações de 1 bilhão de anos”

Quem está em busca de belas paisagens e um pouco de aventura em meio à natureza, não pode perder este destino. A Gruta da Lancinha em Rio Branco do Sul, é a terceira maior do Paraná e reúne uma boa dose de aventura, formações rochosas milenares e a terceira maior biodiversidade do Brasil no que diz respeito a cavernas.

Ao todo, são 2,8 mil metros de área visitável, com formações de datam de um bilhão de anos. As formações geológicas são de mármores calcíticos formados por meio da dissolução da água – um processo de milhares de anos.

A caverna pode ser visitada por qualquer pessoa que tenha uma boa dose de disposição, mas, como é fácil se perder no trajeto, o ideal e recomendável é que seja feito com um guia. O local fica em uma propriedade particular, mas, em 2006, foi criado o Monumento Natural da Gruta da Lancinha, que tornou a área em proteção ambiental permanente.

Para chegar até a entrada é preciso seguir uma pequena trilha, de cerca de dez minutos de caminhada. Na caverna, trajeto não é muito fácil e é feito seguindo o curso do rio Ribeirão da Lança – um passeio bastante molhado e escuro. Por isso, é bom levar lanternas e uma segunda muda de roupa, para vestir depois do trajeto. Mas as belas paisagens valem a pena. É possível ver dezenas de espeleotemas, formações pontiagudas que transformam a paisagem. No trajeto é possível ver dezenas de morcegos que se abrigam próximos às aberturas da caverna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui