A Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação (SMASH) construiu, de forma colaborativa entre as técnicas do CRAS e CREAS

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação (SMASH) construiu, de forma colaborativa entre as técnicas do CRAS e CREAS, um projeto para implementar em Rio Branco do Sul a Equipe Volante do CRAS, composta por uma assistente social e psicóloga que estarão diariamente nas regiões mais distantes dos equipamentos públicos e que possuem as maiores vulnerabilidades e dificuldades de acesso aos serviços do poder público.
O projeto elaborado no primeiro semestre de 2021 e aprovado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDI) foi apresentado ao Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDI), que o selecionou para destinação de recursos estaduais na ordem de aproximadamente R$ 249.400,00. O projeto prevê a contratação de uma assistente social, psicóloga e motorista, além de um veículo 4×4 para transitar na área rural, mais especificamente no Açungui e localidades próximas, prestando o serviço do CRAS ao longo de uma ano para aproximadamente 170 idosos e 595 pessoas que compõem suas famílias.
O início do projeto está previsto para o final de 2021 utilizando os recursos próprios e estará sob a coordenação da nova Diretora de Proteção Social da SMASH, Eloína Chechi.
“O projeto se baseia no princípio da equidade, de forma que possamos garantir o acesso aos serviços públicos inclusive aos quem tem menos acesso. Ainda, o projeto busca chegar ao público que ainda não acessou os serviços e benefícios ofertados pelo CRAS, seja por dificuldade de acesso ou até mesmo por desconhecimento.”, relata Eloína Chechi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *